enfrdeites
Terça, 09 Maio 2023 14:13

"Justiça, Reconhecimento e Modernização: a judicialização da violência doméstica e seus dilemas no Brasil e em Timor-Leste"

Escrito por
Acontece em Brasília, no próximo dia 17 de maio, de 2023, lançamento do Livro "Justiça, Reconhecimento e Modernização: a judicialização da violência doméstica e seus dilemas no Brasil e em Timor-Leste" de autoria de Miguel dos Santos Filho, doutorando do PPGAS/UnB.
O livro é editado pela Autografia dentro da coleção Conflitos, Direitos e Sociedade, que destina-se a publicar dissertações e teses no campo das ciências sociais, que tenham como foco de análise os processos de administração institucional de conflitos e as respectivas reações da sociedade. Com a implementação de instrumentos judiciais de administração da violência doméstica e familiar contra a mulher, produz-se um tipo específico de intervenção nas relações sociais, o que implica, necessariamente, em transformações nas formas de mediar e de equacionar conflitos, mas também possibilita reelaborações de experiências de sujeitos por meio dos processos de subjetivação.
Este livro busca compreender etnograficamente alguns dos resultados da aplicação da Lei Maria da Penha no Brasil e da Lei Contra Violência Doméstica em Timor-Leste, buscando refletir, entre outras coisas, sobre os desafios institucionais à efetivação destas políticas públicas, historicizando as principais demandas por reconhecimento para o tratamento da violência de gênero e contrastando-as com as práticas dos operadores e outros agentes institucionais nos sistemas de justiça desses dois países. Como aspecto complementar dessa mirada pelas demandas por reconhecimento e pelas práxis de produção institucional de justiça, surgem questionamentos e reflexões sobre a criação de sujeitos de direitos e de subjetividades que muito informam sobre o fenômeno da modernidade.
 
serviço 
 
Dia 17 de maio, a partir das 17:30.
Local: Castália Sul, 304 bloco B lojas 02/04 - DF
 
Ler 831 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.