enfrdeites
Notícias

Notícias (926)

O X Seminário INCT-InEAC convoca estudantes para contribuir na sua organização. O evento acontecerá nos dias 23 e 24 de novembro (de forma online) e de 28 de novembro a 01 de dezembro (presencial com transmissão ao vivo).

Estamos em busca de monitores!

? O requisito é ser estudante de graduação ou pós-graduação de Antropologia ou Segurança Pública

? Responsabilidades do monitor:
- Participar de reuniões de planejamento.
- Auxiliar no credenciamento e orientação aos participantes.
- Acompanhar atividades e resolver problemas.

? E os benefícios:
- Certificado de participação.
- Ajuda de custo conforme carga horária.

? Como Participar:
Preencha o formulário de inscrição disponível no site do X Seminário, na aba monitoria (confira o link na bio), de 20/10 a 05/11. Os selecionados serão contatados por e-mail. Lembrando que o preenchimento do formulário não garante a seleção.

https://xseminarioinctineac.com/monitoria/

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdRj4kgGg2C9TQ4pmxjZY1goCLTlT_tdJQpZNozP1iuWXeKTw/viewform


Junte-se a nós e faça a diferença!

Com transmissão do LEMI pelo canal Youtube do INCT INEAC acontecerá nessa quarta-feira, dia 25 de outubro de 2023 o lançamento do livro "O futebol brasileiro: Instituição zero" da antropóloga Simoni Guedes, professora da UFF e pesquisadora vinculada ao INCT/INEAC, falecida em 18 de julho de 2019.

O livro é uma peça fundamental no campo acadêmico das pesquisas sobre esportes no Brasil, marcando quatro décadas desde a defesa da dissertação homônima no Museu Nacional, em 1977, orientada por Luiz de Castro Faria. A obra, inicialmente parte da tese de Simoni Lahud Guedes, foi publicada como parte do livro "Universo do Futebol", organizado por Roberto DaMatta. Esta pesquisa inovadora e profunda é crucial para a compreensão do futebol como uma manifestação cultural significativa, oferecendo uma riqueza de informações sobre a sociedade brasileira.

O Futebol Brasileiro: Instituição Zero é um estudo pioneiro nas interseções entre esportes e ciências sociais. O trabalho de Guedes levou 46 anos para se transformar neste livro essencial. Um dos aspectos mais intrigantes do estudo é a análise das representações sociais do futebol no Brasil. Simoni Guedes examinou discursos da imprensa sobre a participação da seleção brasileira em Copas do Mundo, revelando alternâncias entre uma "ideologia da derrota" e uma "ideologia da vitória". Estas ideologias foram associadas à suposta "raça inferior" e "raça superior" do povo brasileiro, proporcionando uma compreensão profunda dos significados simbólicos do futebol no contexto brasileiro.

Além disso, o livro traz uma etnografia detalhada realizada com operários de uma fábrica no subúrbio do Rio de Janeiro, ilustrando a carga simbólica do futebol. Segundo Guedes, no Brasil, o futebol não é apenas um esporte; é uma representação do próprio país. Quando a seleção entra em campo, não é apenas ela que joga, mas todo o Brasil. Essa dinâmica única do futebol brasileiro é explorada meticulosamente em O Futebol Brasileiro: Instituição Zero.

O lançamento deste livro marca um evento significativo para o cenário acadêmico brasileiro. A obra de Simoni Lahud Guedes continua a influenciar nossa compreensão do futebol como um fenômeno cultural complexo e intrincado, oferecendo insights valiosos sobre a identidade e a sociedade brasileira.

 

O FUTEBOL BRASILEIRO: INSTITUIÇÃO ZERO
DE SIMONI LAHUD GUEDES

Lançamento: 25 de outubro de 2023, quarta-feira, 17h

Auditório do Bloco O - Campus do Gragoatá - Niterói - RJ
Instituto de Ciências Humanas e Filosofia – ICHF
Universidade Federal Fluminense – UFF

O LEMI - Laboratório Estúdio Multimídia do INCT INEAC transmitirá o lançamento pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=dUryCQaklcg

 

 O Núcleo de Pesquisa em Psicoativos e Cultura (PsicoCult), da rede do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC), realiza no mês de novembro o Seminário Interdisciplinar sobre Psicoativos. O evento será organizado pelo PsicoCult, pelo Laboratório Social da Cannabis, coordenado pelo Prof. Dr. Paulo Fraga (PPGCSO-UFJF) e pela Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas (Rede Reforma). O seminário tem como objetivo trazer discussões atuais sobre os psicoativos, seus usos e suas políticas.

O Seminário acontecerá nos dias 7, 8 e 9 de novembro, no auditório do InEAC, Campus do Valonguinho, UFF, Niterói-RJ e contará com transmissão ao vivo do LEMI - Laboratório Estúdio Multimídia do INCT INEAC, pelo canal do INCT/InEAC no Youtube.

As inscrições estão abertas e devem ser feitas pelo formulário disponível em: bit.ly/seminariopsicoativos

Confira a programação completa abaixo:

 

SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR SOBRE PSICOATIVOS

 

Dia 07 de novembro de 2023:

15h – 16h - Mesa de abertura

https://www.youtube.com/watch?v=KNp1qB2MHcw

Reitor da Universidade Federal Fluminense – Antônio Cláudio Lucas da Nóbrega

Coordenador do Instituto de Ciência e Tecnologia - Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC/UFF) – Roberto Kant de Lima

Diretor do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (InEAC/UFF): Lenin Pires

Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Justiça e Segurança – Lucía Eilbaum

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito – Joaquim Leonel

Mediação: Frederico Policarpo (UFF), Paulo Fraga (UFJF) e Emílio Figueiredo (REFORMA) - Coordenadores do Seminário

 

 

16:00-18:00:  Conferência de Abertura “Ciência e Direito: a regulamentação de psicoativos no Brasil”

https://www.youtube.com/watch?v=jIw8-GwTrF8

Participantes:

Sidarta Ribeiro (Instituto do Cérebro-UFRN)

Ricardo Nemer - REFORMA/mestrando PPGSD

Mediação/Debate: Luana Martins – Pós-Doutoranda PPGJS-UFF 

 

18:30-20h: Políticas sobre Drogas

https://www.youtube.com/watch?v=PALKMzK3tZ4

Participantes:

Natália Amorim (ALERJ)

Monique Prado (UFJF)

Thiago Rodrigues (UFF)

Mediação/Debate: Frederico Policarpo (UFF)

 

Dia 08 de novembro

16h30 - 18h00 - Mesas 5 – As associações, o habeas corpus e a regulamentação do cultivo

https://www.youtube.com/watch?v=EI90WYJBr3M

Participantes:

Marilene Esperança (AbraRio)

Nathan Kamliot (Sustenta Cannabis)

Emílio Figueiredo (REFORMA/Doutorando PPGSD)

Mediação/Debate: Paulo Fraga (UFJF)

 

18h30 – 20h00: Desafios da prescrição em cannabis: ensino médico e controle de qualidade. 

https://www.youtube.com/watch?v=J-d-Z9CkYT0

Participantes:

Virginia Carvalho - UFRJ

Liga de Cannabis Medicinal do curso de Medicina da UFF

Camila Pupe (Neurologista/Medicina UFF)

Mediação/Debate: Marcos Veríssimo (UFF)

 

Dia 09 de novembro

16h30 – 18h00: A circulação de psicoativos: a mercantilização e a medicalização

https://www.youtube.com/watch?v=jopjV4TmpvQ

Participantes:

Thiago Pereira (UERJ)

Tiago Coutinho (UFRJ)

Carol Grillo (Geni/UFF) 

Mediação/Debate: Rogério Azize (IMS-UERJ)

 

18h30 - 20h00 - Mesa 2 – A Proibição e seus efeitos 

https://www.youtube.com/watch?v=lewoBcvF7-E

Participantes:

Lívia Casseres (Coordenadora Geral de Projetos Especiais sobre Drogas e Justiça Racial da SENAD/MJSP)

Julita Lemgruber (CESEC) 

Mediação/Debate: Mário Valente (Doutorando PPGSD-UFF)

 

 

Mediada pelo Prof. Lenin Pires (InEAC/ UFF) acontece, no próximo dia 17 de outubro, às 14h, com transmissão ao vivo no canal do InEAC no youtube o encontro “CONSTRUINDO SABERES: PERSPECTIVAS DOS PESQUISADORES COM E SOBRE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.”

 O evento será durante a Agenda Acadêmica e a mesa traz informações sobre acessibilidade e aponta as dificuldades evidentes no acesso ao espaço da UFF. O objetivo é mobilizar o público estudantil para pesquisar e criar um ambiente universitário mais acessível.

 A atividade contará com a participação dos pesquisadores:

 - Fabiano da Silva, assistente social/UFRJ e membro do projeto de pesquisa Campi Inteligentes: Mobilidade e Acessibilidade com Cidadania/UFF.

 - Natália Fonseca, membro da comissão permanente de acessibilidade e inclusão da UFF, e pesquisadora do projeto Campi Inteligentes: Mobilidade e Acessibilidade com Cidadania/UFF.

 - Natália Pinheiro, mestre em Antropologia/UFF e membro do projeto de pesquisa Campi Inteligentes: Mobilidade e Acessibilidade com Cidadania/UFF.Construindo saberes: Perspectivas dos pesquisadores com e sobre pessoas com deficiência.

 

O evento será transmitido pelo LEMI no link:https://www.youtube.com/watch?v=tnfXM_x-SJc

 

 

No próximo dia 25 de outubro de 2023, ás 10h,  acontece a 4º Roda de Conversa Podcast Conflitos e diálogos,  mais uma atividade do Ciclo de Roda de Conversa do Podcast “Diálogos e Conflitos: Pesquisas Escolares”. Esse evento é o momento em que os participantes da “II Feira de Ciências Conflitos e Diálogos na Escola” apresentam seus trabalhos, com comentários de um professor de Universidade e um ex-participante.
Esta edição será presencial no, dia 25 de outubro de 2023, ás 10h, no CIEP 355 Roquete Pinto (em Queimados) e terá comentários da professora Nalayne Pinto (UFRRJ) e da Victória Pestana (LEPIC)

A atividade já é considerado pelos organizadores como um "esquenta" para “III Feira de Ciência: Conflitos e Diálogos na Escola” que vem em 2024

 

O Seminário Internacional "Pesquisa em Prisão" está de volta para sua sétima edição, marcada para os dias 6 e 7 de dezembro de 2023, em Juiz de Fora. Este evento, resultado da colaboração entre a Associação Nacional de Direitos Humanos – Pesquisa e Pós-Graduação (ANDHEP), o Laboratório Social da Síntese Eventos, o Núcleo de Estudos de Políticas de Drogas, Violência e Direitos Humanos (NEVIDH) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV/USP), busca trazer discussões profundas sobre o sistema prisional.

Este ano, o evento volta ao formato presencial, proporcionando uma oportunidade para acadêmicos, pesquisadores e profissionais se envolverem em debates significativos.

Os pesquisadores do INCT INEAC Roberto Kant (InEAC/UFF/UVA),  Michel Lobo Toledo (INCT-InEAC/UFF e PPGD-UVA), juntamente com  André Luiz Faisting (UFGD), participarão do GT05. As desigualdades brasileiras e seu contexto prisional: A invisibilidade dos presos do ponto de vista institucional e dos direitos civis.

O Seminário Internacional "Pesquisa em Prisão" está, até o dia 25 de setembro,  aceitando propostas de temas para os Grupos de Trabalho (GTs), que comporão a programação juntamente com apresentações e conferências de especialistas nacionais e internacionais.

Muitos dos GTs que foram bem-sucedidos em edições anteriores serão mantidos, com a possibilidade de envio de propostas até outubro. Para mais detalhes sobre como propor um GT ou enviar propostas para os GTs já confirmados, os interessados podem visitar o site oficial do evento: https://www.prisoes2023.sinteseeventos.com.br/site/capa.

A programação final será divulgada no mesmo site e pelas instituições organizadoras do Seminário, mantendo todos os participantes informados sobre os detalhes do evento. O evento conta com a dedicação de destacados acadêmicos e pesquisadores, incluindo Gustavo Higa, Ionara Fernandes e o Prof. Dr. Marcos César Alvarez do NEV/USP, juntamente com Marcelo Campos, representante do NEVIDH da UFJF, que sediará o evento.

Diversos Grupos de Trabalho já confirmados contam com a coordenação de pesquisadores do NEV, como o GT01, "Cidades e Prisão", coordenado por Rafael Godoi (UEMA) e Ricardo Campello (NEV/USP), o GT07, "Graves Violações dos Direitos Humanos na Prisão", coordenado por Bruno Konder Comparato (UNIFESP) e Ionara Fernandes (NEV/USP), e o GT08, "Pesquisa Documental em Prisões e Instituições de Internamento", coordenado por Marcos César Alvarez (NEV/USP), Gustavo Lucas Higa (NEV/USP) e Carlos Henrique Serra (NEV/USP).

O Seminário Internacional "Pesquisa em Prisão" representa uma plataforma crucial para a análise e discussão de questões prementes relacionadas ao sistema prisional. A expectativa é reunir um grupo diversificado de especialistas e interessados para contribuir para um debate significativo sobre este tema crucial.

https://www.prisoes2023.sinteseeventos.com.br/

 

Página 8 de 155