enfrdeites
Notícias

Notícias (445)

O curso de Tecnologia em Segurança Pública e Social recebeu a nota 4, conceito MUITO BOM na avaliação externa do MEC.

A avaliação foi realizada nos dias 14 e 15 de setembro de 2017, no NEPEAC, onde a coordenação do curso ficará instalada até a mudança para a nova sede do InEAC-UFF. A comissão responsável foi composta pela Profa. Karen Menger da Silva Guerreiro e pela Profa. Claudia Fonseca Rosès.

A presença maciça dos coordenadores de disciplina foi decisiva para demonstração do trabalho institucional realizado. A participação dos Tutores coordenadores e dos alunos serviram para demonstrar todo o esforço de formação de recursos humanos e transferência de conhecimento para a sociedade.

Também estiveram presentes importantes representações institucionais que apoiam este projeto, a Profa. Regina Moreth, coordenadora do CEAD; O Prof. Roberto Kant de Lima, coordenador do INCT-InEAC e do NEPEAC; o Prof. José Rodrigues, Pró-reitor de graduação; a Profa. Vânia Laneuville, diretora de tutoria da Fundação Cecierj/Consórcio Cederj; o Prof. Lenin Pires, diretor do InEAC-UFF; Prof. Vladimir Luz, coordenador do curso de bacharelado em Segurança Pública e Social. Importanre destacar que o acolhimento da Diretora Maria de Fátima de Araújo Santos no polo de Niterói contribui para esse resultado.

O trabalho de construção do curso iniciou-se no segundo semestre de 2012. De lá pra cá, o curso aumentou e encolheu de tamanho segundo demandas das instituições do Estado do Rio de Janeiro. O curso nunca deixou de funcionar apesar de toda a crise financeira e política e mesmo as greves não interromperam as atividades. Graças aos Alunos, aos Tutores, aos Coordenadores de disciplina, aos Diretores de Polo, aos membros da Fundação CECIERJ/Consórcio CEDERJ, à Secretaria de Estado e Segurança do Estado do Rio de Janeiro, à Secretaria de Ciência e Tecnologia, à FAPERJ, à Universidade Aberta do Brasil, à Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e, evidentemente, aos órgãos da Universidade Federal Fluminense, com especial menção ao Departamento de Segurança Pública, ao Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (InEAC-UFF), à Coordenação de Educação a Distância (CEAD), à PROGRAD, ao NEPEAC e à PROPPI, o curso nunca deixou de funcionar apesar de toda a crise financeiras e política, mesmo as greves não interromperam as atividades. Foram 4480 vagas ofertadas entre 2014 e 2017 em 12 municípios do norte ao sul fluminense. Atualmente o curso conta com 2248 alunos inscritos dos 3322 alunos matriculados, o que garante uma das mais baixas taxas de evasão dentre os cursos EaD apoiados pela Fundação Cecierj/Consórcio Cederj. O curso já tem duas formatura com 78 e 231 alunos graduados e há mais uma turma para se formar com 208 alunos e a subsequente já contamos 575 prováveis formandos. Em 2016, o reconhecimento da Universidade veio como um prêmio de Excelência Acadêmica em Inovação para o desenvolvimento social. E, agora, essa nota 4 estabelece dentre os cursos reconhecidos da UFF, o que comprova um grande esforço institucional orientado e organizado academicamente e uma relevante conquista da sociedade.

Na próxima quarta-feira, 18 de outubro, das 10:00  às 13:00h  e das 16:00 a manhã às 19:00h nas instalações do Instituto de Pesquisa Legal da UNAM - Universidad Nacional Autónoma de México, será realizada a sessão de trabalho "Estudos policiais", que incluirá a participação dos professores Elena Azaola e do coordenador do InEAC, antropólogo Roberto Kant de Lima,ambos membros do Conselho Científico da FLAD no México e no Brasil, respectivamente.

No dia 06 de abril, às 19hs, será realizada a palestra "A produção de tecnologias sociais em Segurança Pública e os desafios de um campo profissional em construção" ministrada pelo Prof. Marcos Veríssimo. A paletra acontece no Pólo Universitário São Gonçalo (UFF) que fica no “CIEP 250 Rozendo Rica Marcos” na rua Visconde de Itaúna, S/Nº, Gradim - São Gonçalo. As inscriçõies serão realizadas presencialmente, no dia do evento até às 19hs.

p>Entre os dias 03 e 05 de maio de 2017 será realizado o II Seminário “Usos de Drogas na Contemporaneidade: abordagens de pesquisa em ciências humanas” na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

O evento tem como objetivo possibilitar à comunidade da UFRGS, bem como ao público em geral, um maior contato com abordagens científicas que em muito podem contribuir para a constituição de novas formas de pensar e intervir sobre a questão dos usos de drogas no Brasil contemporâneo. Divulgar produção acadêmica recente sobre o tema, nas perspectivas de pesquisa das ciências humanas, para a comunidade do IFCH, da UFRGS e para o público em geral.
Possibilitar o diálogo e a troca de conhecimentos entre os pesquisadores e destes com estudantes, docentes e técnicos da UFRGS, bem como com o público em geral. Fomentar a constituição de uma rede de pesquisadores aptos a produzir conhecimento coletivamente e a participar dos debates públicos sobre o tema das drogas.
O professor Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo, Doutor em Sociologia pela UFRGS, Professor na PUCRS e pesquisador vinculado ao InEAC,, apresenta no dia 03, a Conferência Política de Drogas e Justiça Criminal no Brasil.

A programação completa do Seminário com datas, horários e locais está no site do evento: https://sudc.wordpress.com/

Quarta, 26 Abril 2017 02:30

PALESTRA "Prisão – Cidade"

No dia 27 de abril o Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana (NECVU/UFRJ) e o PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA (PPGSA) promovem a palestra “Prisão-Cidade” com os professoras Rafael Godoi (Doutor e mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo) e Fábio Mallart (Mestre em Antropologia Social e Doutorando em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo)

A apresentação abordará uma discussão das geografias carcerárias, comparando Rio-São Paulo, e uma discussão sobre gestão da vida e produção da morte ou, em outros termos, como a polícia - fardada ou em grupos de extermínio - produz corpos pela cidade a partir da passagem pela prisão (antecedentes criminais) ou mesmo a partir das tatuagens feitas dentro das cadeias, também tentando construir uma perspectiva comparativa RJ-SP no que se refere a essa produção de cadáveres.

A palestra acontece, às 17 horas, na Sala Amarela PPGSA (sala 109 – térreo – IFCS/UFRJ).

A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e o Programa de Pós-graduação, Mestrado e Doutorado em Ciências Sociais convidam para a defesa da dissertação “Participação social na gestão municipal da segurança pública, analisando o Conselho Municipal de Justiça e Segurança de Porto Alegre” de Maralice Fernandes Xavier.

O evento acontece no dia 28 de abril às 16hs na sala 609 do prédio 05 da PUCRS.

A comissão Examinadora é composta pelos Professores Doutores Andrea Ana do Nascimento (PPGCS/PUCRS), Kátia Sento Sé Mello (PPGSS/UFRJ) e Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo (Orientador).

A PUCRS fica na Av. Ipiranga, 6681, Porto Alegre, RS.

Página 74 de 75