Imprimir esta página
Segunda, 21 Setembro 2020 19:15

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO PROF. LUIZ ANTONIO MACHADO DA SILVA (1941-2020)

Escrito por

Publicamos aqui no site a Nota de pesar pelo falecimento do Prof. Luiz Antonio Machado da Silva (1941-2020), escrita por Felipe Berocan Veiga.


NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO

PROF. LUIZ ANTONIO MACHADO DA SILVA (1941-2020)

É com profundo pesar que nós, pesquisadores do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos - INCT/InEAC-UFF, lamentamos o falecimento do Prof. Luiz Antonio Machado da Silva, ocorrido neste triste 21 de setembro de 2020. Professor do IESP-UERJ, membro do INCT/Observatório das Metrópoles e líder do Coletivo de Estudos sobre Violência e Sociabilidade - CEVIS, Machado por décadas foi professor do IUPERJ-UCAM e também do IFCS-UFRJ, onde era pesquisador associado ao Núcleo de Estudos do Controle, Cidadania e Violência Urbana - NECVU e ao Laboratório de Etnografia Metropolitana - LeMetro. Teve também breves passagens como bolsista e professor de Sociologia da UFF. Sua sólida carreira como sociólogo pesquisador de temas fundamentais para a compreensão das realidades carioca e brasileira, tais como sociabilidades urbanas, criminalidade, violência, favelas, moradia, mercado de trabalho, informalidade, juventude, políticas públicas e cidadania, fizeram dele um autor prolífico e uma referência fundamental em seus campos de atuação e de ação. Sua vivacidade, seu pioneirismo, rigor intelectual, pensamento criativo e generosidade no trato pessoal, tanto com seus colegas professores quanto com jovens pesquisadores em formação, deixam um imenso vazio para aqueles que tanto o admiravam e gozaram de sua companhia. Nos solidarizamos com sua família, em especial com sua esposa Filippina e com sua filha Fernanda, e também com seus estudantes, colegas e amigos.



Prof. Luiz Antonio Machado da Silva no lançamento do livro Favelas cariocas: ontem e hoje, durante a 32a. Reunião da ANPOCS em Águas de Lindóia - SP.

Foto: Felipe Berocan Veiga, 24/Set/2013.

 

Ler 177 vezes Última modificação em Terça, 22 Setembro 2020 02:23
Claúdio Salles

Mais recentes de Claúdio Salles